Publicidade

  • kartucho
  • verde
  • MARMORARIA VITORIA

SANTO ANTONIO DA PLATINA - Enterrado corpo de secretária que morreu de dengue hemorrágica

Cerca de 200 pessoas se reuniram no final da tarde desta segunda-feira, no Cemitério São João Batista, em Santo Antônio da Platina, para se despedir de Isabel Cristina Coelho Paulino, 31 anos, que morreu vítima de dengue hemorrágica na madrugada de hoje (22) na Santa Casa de Jacarezinho. O corpo foi enterrado sob forte comoção de familiares e amigos.

Isabel chegou a dar entrada na Santa Casa de Jacarezinho na tarde quinta-feira, mas foi atendida e liberada. À noite, ela procurou o Hospital Nossa Senhora da Saúde, em Santo Antônio da Platina, onde permaneceu internada após a confirmação do quadro da doença.

Após piora do estado de saúde, no sábado de manhã, Isabel foi transferida para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Jacarezinho. De acordo com a assessoria do hospital, uma transfusão de sangue estava marcada para esta terça-feira, porém a paciente não resistiu ao grave quadro de infecção de dengue hemorrágica.

A morte de Isabel chocou a cidade. Secretária no Colégio Estadual Tiradentes, em Santo Antônio da Platina, era muito conhecida. O corpo foi velado no templo da Igreja Avivamento Bíblico, em Santo Antônio da Platina, denominação religiosa da qual era fiel. Ela deixa o marido João e dois filhos: Samuel e Samara.

Na tarde desta segunda-feira, agentes municipais de endemias fizeram o bloqueio de nove quadras a partir da casa onde Isabel morava, em um sobrado de frente para o portão do Estádio José Eleutério da Silva, na Vila São José. De acordo com o chefe do Setor de Combate à Dengue da Secretaria Municipal de Saúde, João Batista Pereira, este foi o primeiro caso de morte provocada pela doença em Santo Antônio da Platina.

Pereira relatou que o caso sequer havia sido notificado, “Recebemos hoje a notificação após saber desta lamentável morte. Já fizemos a varredura atrás de possíveis focos e, assim que o tempo melhorar, vamos aplicar o veneno”, adianta. Este ano, Santo Antônio da Platina já registrou 219 notificações com 62 casos confirmados de dengue, bem acima das 29 notificações e os três casos contabilizados durante todo o ano passado.

De acordo com agente comunitário Janderson Augusto Assolari, a morte da secretária pegou a todos de surpresa, pois o ciclo da dengue já estava em queda desde junho. “O ápice dos casos foi em abril e maio. Após este período, apesar de encontrarmos larvas no inverno, as notificações diminuíram bastante. Em julho, foram apenas duas notificações”, relata. Pereira alerta para que a população não descuide com a limpeza dos quintais, mesmo durante o inverno. “Não podemos baixar a guarda. As larvas estão por aí e o mosquito é resistente. Por isso, mantenha os quintais sempre limpos, tomando todos os cuidados básicos”.

Você está aqui: Home Jornalismo Regional SANTO ANTONIO DA PLATINA - Enterrado corpo de secretária que morreu de dengue hemorrágica