Publicidade

  • kartucho
  • verde
  • MARMORARIA VITORIA

Saúde confirma morte por gripe A em Santo Antônio da Platina

a_d_r_i_a_n_o__d_a__s_i_l_v_a
A 19ª Regional de Saúde (RS) de Jacarezinho confirmou, no final da tarde desta terça-feira, que a morte do analista de Recursos Humanos, Adriano da Silva, 30 anos, no dia 30 do mês passado, em Santo Antônio da Platina, se deu em decorrência da gripe A H1N1. Ele foi internado no Hospital Nossa Senhora da Saúde com sintomas de pneumonia e, em menos de três dias, teve grave piora no quadro e morreu vítima de uma parada cardíaca.

Amostras de sangue foram colhidas e enviadas para São José dos Pinhais para confirmar a causa da morte. O resultado divulgado nesta terça-feira pelo Laboratório Central do Estado (Lacen) confirmou a Gripe A. A Regional de Saúde confirmou a causa da morte, mas como de praxe, não revelou o nome da vítima da doença, dado apurado pela reportagem.

De acordo com o chefe da RS, Antônio Carlos Setti, o vírus está presente na região, porém não há registro de uma situação de pandemia. Ele alertou para a população redobrar os cuidados de prevenção. O secretário municipal de Saúde, Alexandre Levatti, destacou que a família do analista foi colocada em quarentena e, além do bloqueio epidemiológico, recebeu amparo e orientações do município. Outras pessoas do convívio de Silva também foram monitoradas, mas ninguém apresentou sintomas da doença.

A morte de Silva comoveu os moradores de Santo Antônio da Platina e Jacarezinho, onde nasceu e tinha parentes. Silva era membro engajado da Renovação Carismática Católica (RCC), tanto que ele foi internado após passar mal em um encontro do grupo. Enquanto aguardava vaga de transferência, ele morreu no dia 30 de abril. O corpo de Silva foi enterrado no Cemitério São João Batista, em Jacarezinho, no dia seguinte.

O Paraná investiga também outra morte suspeita por gripe, registrada no fim do mês passado em Maringá. A Secretaria da Saúde divulgou nesta terça-feira os números do monitoramento das síndromes respiratórias no Estado. Dos 73 casos de gripe identificados, 31 foram de Influenza A H3N2, 24 de Influenza A H1N1 e 18 de Influenza B.

Prevenção

Segundo os especialistas, a tendência é que o número de casos cresça com a chegada das temperaturas mais baixas. Além da vacinação - que continua disponível nas unidades de saúde para os grupos prioritários da campanha, incluindo as crianças menores de 5 anos – outras medidas podem ser adotadas para se proteger da gripe.

A principal recomendação é manter as mãos bem higienizadas, se possível com o uso de álcool gel. Abrir janelas, deixar os ambientes bem arejados e com as superfícies sempre limpas também ajudam a evitar a transmissão da doença.
 
 
FONTE - TANOSITE

MEGA SENA

Rádio Cabiúna no Facebook

No Twitter

 
 
 

FEED RSS

Você está aqui: Home Jornalismo Regional Saúde confirma morte por gripe A em Santo Antônio da Platina