Publicidade

  • verde
  • MARMORARIA VITORIA
  • kartucho

Professores das escolas públicas estaduais do Paraná estarão em greve nesta quarta

g_r_e_v_e__paranaSeguindo o calendário de mobilizações da campanha "Educação Pública, eu apoio", promovida pela Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação (CNTE), esta quarta-feira (24) será um dia de paralisações nas escolas para chamar atenção dos governantes e administradores para as carências do ensino público.

 

No Paraná, a APP-Sindicato promove durante toda semana um calendário de ações para reivindicar a criação de um novo modelo de atendimento à saúde dos servidores, o cumprimento do Piso Salarial Nacional, o pagamento da Data-Base conforme o reajuste dado ao mínimo regional (entre 12 e 12,5%), atenção especial ao porte de escolas, a realização de concurso para funcionários de escola e a aprovação dos projetos de lei complementar – que já tramitam na Assembleia Legislativa (Alep) – com a regulamentação do 1/3 de hora-atividade e do plano de carreira dos agentes escolares.

 

Enterro do SAS

 

A pauta de reivindicações culminará com a paralisação dos educadores no dia 24 de abril: os servidores se reunirão em passeata e panfletage até o Palácio do Iguaçu, em Curitiba, a partir das 9 horas. No interior, atos regionais também serão realizados pelos Núcleos Sindicais (NS) nas cidades polos (e em locais de grande circulação).

 

A mobilização do dia 24 terá como tema principal o falecimento do Sistema de Assistência à Saúde (SAS). Em todo estado, a categoria adoece e sofre com a ineficácia do atendimento hospitalar e com a ausência de medidas preventivas. Por isso, o “falecimento” do SAS será uma manifestação crítica às mazelas do atual sistema.

 

A APP representa os mais de 100 mil trabalhadores da educação do Paraná e, em suas campanhas, busca mostrar para os nossos  governantes e para toda sociedade as necessidades da Educação Pública. “É um momento importante para a categoria mostrar a sua força e organização", reforça a presidente da entidade, professora Marlei Fernandes de Carvalho.

 

Calendário da paralisação no interior do estado:

 

Apucarana e Arapongas – Praça Central de Apucarana, às 9h.

Cambará – Debate nas escolas.

Campo Mourão – Concentração na Praça do Fórum de Campo

Mourão, às 8h30, com caminhada até a Praça São José.

Cascavel – Em frente à Catedral Nossa Senhora Aparecida, em Cascavel, às

10h.

Cianorte – Concentração na Praça 26 de julho, das 9

às 12h.

Cornélio Procópio – Ato no calçadão de Cornélio Procópio, às 9h.

Francisco Beltrão – Ato em frente do Núcleo Regional de Ensino de Francisco Beltrão, às 8h30.

Guarapuava – Ato na Praça 9 de dezembro, em Guarapuava, às 9h.

Laranjeiras do Sul - Ato na Praça José Nogueira Amaral, em Laranjeiras do

Sul, às 9h.

Londrina – Ato no calçadão em frente ao Banco do Brasil, com

concentração às 9h e caminhada até o SAS.

Maringá – Ato na Praça Raposo Tavares, em Maringá às 9h.

Paranaguá – Participarão do ato público estadual em Curitiba.

Paranavaí – Ato na Praça Central de Paranavaí, pela manhã.

Pato Branco – Ato na Sede do NS de Pato Branco e na Praça Central de

Palmas, às 9h.

Ponta Grossa – Participarão do ato público estadual em Curitiba.

Toledo – Ato Praça Central de Toledo, concentração pela manhã às 9h e à

tarde às 15h30.

Umuarama – Concentração na sede da APP de Umuarama, com presença da

imprensa local, às 9h.

União da Vitória - Ato em frente à sede do NS, a partir das 9h.

 

FONTE - BEMPARANA

Você está aqui: Home Jornalismo Regional Professores das escolas públicas estaduais do Paraná estarão em greve nesta quarta