Publicidade

  • ELEICOES
  • image

BEC vence o Coritiba em tarde de Rodrigo Budinha

Jogando nesta sábado dia 25/10, na Vila Maria, a equipe do Bandeirante Esporte Clube venceu ao Coritiba pelo placar de 5 x 3, com um futebol de muita raça e debaixo de um calor escaldante os garotos do BEC fizeram um ótimo jogo para os torcedores que compareceram no Estádio Comendador Luiz Meneghel. Os gols do BEC foram anotados no primeiro tempo com Marcos escorando de cabeça um cruzamento que veio da direita, abrindo o placar do jogo, depois o Coritiba empatou numa cobrança de escanteio, contando com a falha do bom goleiro Caio que tentou dar um soco na bola e acabou errando. O segundo gol do BEC veio ainda no primeiro tempo, depois de uma boa tabela e explorando a velocidade do ataque, o lateral esquerdo Wellington cruzou e Rodrigo (Budinha) entrou de carrinho para desviar do goleiro, final do primeiro tempo BEC 2 x 1.

No segundo tempo o Coritiba empataria o jogo em uma jogada dentro da área, e mesmo marcado por tres, o atacante coritibano ganhou as redes do gol de Caio, o zagueiro Luiz Henrique colocou o BEC novamente em vantagem para delírio de seus familiares, amigos e torcedores que estavam no Estádio. Nosso quarto gol tambem não demorou, depois de um bate rebate na área a bola subiu e Rodrigo mesmo de costas cabeceou, marcando seu segundo gol na partida, o terceiro gol do Coritiba foi de penalty, 4 x 3.

Fechando o placar o jovem Herculis que havia entrado poucos minutos antes, escorou de cabeça no segundo pau, mais um cruzamento que veio da esquerda, BEC 5 x 3, o destaque do Coritiba foi o atacante Roger que é filho de Bandeirantes, mas que nas duas oportunidade que teve de marcar seu gol, foi barrado pelo goleiro Caio, o próximo jogo contra o Coritiba será sábado na Capital e o BEC pode perder até por um gol de diferença que despacha o Coxa branca, ficando com a vaga.

MEGA SENA

Rádio Cabiúna no Facebook

No Twitter

 
 
 

FEED RSS

Você está aqui: Home Jornalismo Esporte BEC vence o Coritiba em tarde de Rodrigo Budinha