Publicidade

  • image
  • ELEICOES

Mano não vê desrespeito em dança do Galo e explica Gil e Elias no banco

Além de ver justiça na eliminação do Corinthians para o Atlético-MG na Copa do Brasil, dizendo que o Galo mereceu a goleada por 4 a 1, Mano Menezes falou sobre a comemoração dos jogadores mineiros após o jogo. Os atleticanos repetiram a dança que o treinador fez após o segundo gol do Timão na Arena Corinthians, no jogo de ida.

 

- Quem está alegre tem direito de comemorar, eu estava alegre e comemorei. Tenho certeza que a comemoração do Atlético tem a ver com a felicidade, não achei desrespeito - afirmou.

 

Outro assunto abordado pelos jornalistas no vestiário do Mineirão, como não poderia ser diferente, foi a permanência de Gil e Elias no banco de reservas, enquanto Diego Tardelli iniciou o jogo como titular e acabou sendo fundamental na goleada.

 

Mano Menezes revelou que houve uma conversa com os dois jogadores que estavam na Seleção Brasileira e chegaram ao Brasil horas antes do jogo, além de comparar com a situação do atleticano.

 

- São situações diferentes para cada atleta. Tardelli saiu com 20 minutos (do segundo tempo, da partida da Seleção contra o Japão), como atacante pode dosar mais, ele é mais leve, transporta menos, desgasta menos, e teve uma viagem mais tranquila. Elias não consegiuiu dormir, Gil é mais pesado por ser zagueiro. Conversarmos com os dois atletas e decidimos que usaríamos na segunda parte (do jogo no Mineirão) se necessário.

 

Não perdemos por causa de um ou outro jogador, deixamos a desejar como equipe, perdemos como equipe - lembrou o treinador.

 

O Corinthians volta a campo no próximo domingo, contra o Internacional, no Beira-Rio.

 

 

FONTE - LANCENET

 

MEGA SENA

Rádio Cabiúna no Facebook

No Twitter

 
 
 

FEED RSS

Você está aqui: Home Jornalismo Esporte Mano não vê desrespeito em dança do Galo e explica Gil e Elias no banco